Carregando ...

Ortodontia

O QUE É ORTODONTIA?

Trata-se de uma especialidade da odontologia que cuida da colocação dos dentes em seus devidos lugares (ORTO= correto, DONTIA = dentição), DENTIÇÃO CORRETA.

QUEM PODE SE BENEFICIAR DA ORTODONTIA?

Não existe idade limite para se movimentar dentes, todo indivíduo que possua dentes desarranjados é possível se beneficiar da Ortodontia. A diferença do tratamento do adulto, do adolescente e da criança é baseado no fato que em idade de crescimento, além da movimentação dos dentes é possível também moldar (estimulando ou contendo) o crescimento dos ossos maxilares em desenvolvimento, sendo portanto possível o máximo dos benefícios em idades mais precoces. No adulto é perfeitamente possível movimentar dentes, mas dentro de ossos maxilares já definidos.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE APARELHO FIXO E MÓVEL?

Com aparelho fixo é possível movimentos mais precisos que aqueles obtidos de aparelhos móveis, é claro que aparelhos móveis podem ser bastante úteis isoladamente ou como auxiliares do tratamento fixo e bastante comum ao final do tratamento fixo como contenção.

APARELHOS ESTÉTICOS, COMO SÃO?

Os aparelhos de cor semelhante à coloração dos dentes ou transparente são denominados estéticos, já que se tornam pouco nítidos a média e longa distância, mas perceptíveis a curta distância, principalmente devido ao fato dos arcos serem de metal prateado, em suma, são menos perceptíveis pelo fato dos braquetes (aquela peça presa ao dente) não ser metálica, mas o fio que passa por elas e faz a movimentação dos dentes inevitavelmente, até o presente, é metálico, portanto, não é na verdade totalmente invisível.

VANTAGENS: são menos visíveis que os aparelhos convencionais.

DESVANTAGENS: são maiores, parece paradoxal, mas devido à menor resistência por não ser metálico, necessitam ser maiores. São mais caros, onerando o tratamento. São de maior dificuldade na remoção, podendo lesar o esmalte do dente. Apresentam maior atrito, dificultando o deslocamento do dente aumentando o tempo de tratamento.

Pelo exposto acima, fica evidente que as desvantagens superam, sendo recomendado para casos restritos e pessoas que realmente não podem aparecer usando aparelho, como apresentadores de telejornal e políticos por exemplo.

APARELHOS LINGUAIS: (colocados por dentro); vemos propagandas relacionadas aos aparelhos linguais como se fossem a última novidade, mas surgiram no final da década de 70 e início da década de 80 nos Estados Unidos e Japão e logo abandonados, pela grande dificuldade da técnica, além de não aplicáveis para todos os casos.

APARELHOS INVISÍVEIS: são denominados aparelhos invisíveis, aparelhos móveis confeccionados com material transparente, usados para correção de pequenas imperfeições (restrito a casos bem suaves). DESVANTAGENS; são móveis, necessitam muita disciplina por parte do paciente para que o tratamento não se prolongue por falta de uso, exigem trocas constantes por serem pouco atuantes e não permitem ajustes, custo elevado, já que são confeccionados por laboratórios específicos patenteados, na verdade não são totalmente invisíveis como o nome sugere.